segunda-feira, agosto 21, 2006

Caros amigos, venho só informar quem lê ou leu este blogue que ele não vai mais continuar, uma vez que o autor, o meu querido amigo João cometeu suicídio no passado dia 14 de Agosto.

A esposa que ele detestava dormiu, nesse mesmo dia, na casa deles, com o amante que mantinha há alguns meses.
A Princesa do João culpa-se pela morte dele.
O filho não foi ao funeral e disse-me, pessoalmente, que foi um alívio.

É assim o mundo dele.
Paz à sua alma.

AnaCristina

sábado, agosto 12, 2006

Tou completamente em baixo.
Soube que a minha Princesa está mesmo empenhada na nova relação, empenhada ao ponto de querer casar com o tipo.
Agora vai mesmo desaparecer da minha vida.
Não a quero perder. E cada vez mais sei isso.

Desespero por pensar que dorme com outro, que aquele corpo lindo é possuído por outro, que aquele sorriso se voltará para outro, que aquele olhar é de outro.
Tenho que fazer alguma coisa.
Não aguento que isso aconteça. Tenho que a ter de novo, nem que seja uma só vez. Possuí-la como nunca, mostrar-lhe que o meu amor por ela é infinito.

sexta-feira, julho 28, 2006

Já a vi.
O meu coração saltou dentro do peito.
Está masi magra, cabelo mais claro, um olhar lindo como sempre...

Não foi propositado o nosso encontro, nem sequer andei atrás dela. Foi em Évora debaixo dos arcos da Praça do Giraldo, eu levantava dinheiro e ela passou. Não a reconheci de imediato, mas como parou numa montra pude olhá-la e confirmar...

Fui ter com ela. Ao principio rejeitou-me e tratou-me mal mas depois das minhas mil desculpas, sorriu, falámos rapidamente e despachou-me.

Vi o esforço que fez para ser bem educada.
Amo-a cada vez mais.

terça-feira, julho 25, 2006

Pronto!

Pronto.
Decisão tomada.
Afastei-me completamente dela. Não mando sms, não ando atrás dela nem procuro vê-la.

No entanto sei que já está aqui de férias à uma semana.
Vou esforçar-me por aguentar... por Ela!

segunda-feira, julho 17, 2006

Sonhei contigo esta noite.
Era eu que te levava ao altar, mas fiquei atrapalhado porque pensava que ia casar contigo. Não, eu só te levava para te entregar. Como se fosse o teu pai. Senti-me estranho. Acordei a chorar.

Os homens não choram, sempre me disseram isso. Este homem não chora à frente de outras pessoas mas vai à casa de banho e chora...

Dói tanto não estar contigo, não te poder tocar...

quinta-feira, julho 13, 2006

Talvez este blog vá acabar.
Só sinto gente a bater-me.
A Princesa não fala comigo, a mulher também não e o Pedro pergunta se agora é que quero saber dele.
Não sei para onde me heide voltar.

Será que ninguém percebe o quanto sofro.

sábado, julho 08, 2006

Tens mesmo que ser assim malcriada comigo?
Limitei a fazer uma pergunta...

Se calhar sou eu que sou um estúpido! Só queria saber se a vida sexual dela tinha voltado ao normal.

"As teias de aranha ainda circulam por aí?" (sms)

Respondeste com uma chamada, com uma voz furiosa, humilhaste-me e puseste no meu lugar.
Só depois percebi que o assunto era mais sério que só um comentário estúpido.

Descobriste a existência deste blog e não gostaste. Não exponho a tua vida, limito-me a falar do que sinto.
É assim tão díficil de entender?

Amo-te